Cidades Inovadoras – Agenda Bahia 2015

17 de Setembro de 2015

Bom dia a todos!

No dia 15 de setembro de 2015, teve início o Agenda Bahia 2015,uma excelente iniciativa do Correio da Bahia que tem como objetivo reunir profissionais de diversos setores e debater temas de relevância para o desenvolvimento do Estado. O evento aconteceu no auditório da FIEB, foi aberto ao público e a Prosolar esteve presente.

FullSizeRender

Painél de debates entre palestrantes.

No seminário de abertura, Cidades Inovadoras, foram discutidas propostas para o crescimento e desenvolvimento sustentável na Bahia, a principal economia do Nordeste brasileiro. A primeira palestra foi ministrada pelo vice-cônsul dos EUA no Rio de Janeiro, Jay Carrero, e teve como foco as ações que fizeram Boston ser considerada a cidade mais inovadora do mundo por três anos consecutivos. A infraestrutura da cidade direcionada às Universidades, a prioridade no sentido de atrair pessoas de fora ao local e o alto investimento em transportes foram os diferenciais destacados pelo gestor.

Na segunda palestra, o presidente da Endeavor Brasil, Juliano Seabra, falou dos desafios para o desenvolvimento do empreendedorismo no país a partir de um ranking realizado em 14 cidades brasileiras e liderado por Florianópolis. Salvador para a “surpresa” do empresariado local, garantiu a última posição da lista. Aparentemente, a consistência nas piores posições de cada item avaliado foi o grande diferencial da cidade. No jornal Correio da Bahia a responsabilidade foi limitada aos empresários baianos “o investimento privado em inovação é pequeno e o empreendedor soteropolitano é o que menos investe em inovação – apesar de 1 em cada 13 funcionários estarem alocados em áreas de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM) e de termos uma logística favorável, com porto e o quinto aeroporto do Brasil em pousos e decolagens.”

Slide1

Fonte: Correio da Bahia.

O que é verdade, além dos altos impostos cobrados (8,1% contra 4,7% em Curitiba, sobre alíquota efetiva), do 4º pior deslocamento casa-trabalho, da 2º pior taxa de roubo de veículos, do crescimento do PIB abaixo da média das outras capitais do Nordeste, de operações de Venture Capital inexistentes, do 3º pior índice de capital poupado, da pior proporção de formandos em escolas técnicas e de uma das piores notas médias no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Haja inovação para superar tantos obstáculos…

O Fórum Agenda Bahia vai discutir, em outros três seminários: “A Economia de Baixo Carbono”, “O Futuro do Emprego e o Valor do Trabalho” e “Olimpíadas na Bahia” e, entre outros debatedores, teremos aqui o economista indiano Pavan Sukhdev, a presidente do CEBDS, Marina Grossi e a diretora da WRI no Brasil, Rachel Biderman.

O Fórum é uma realização do jornal CORREIO e da rádio CBN, com apoio da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb). Para mais informações sobre as palestras ou sobre o evento, visite: Fórum Agenda Bahia 2015.


Equipe Prosolar

Leave a Reply